iPhone X: este é o novo top de linha da Apple

O iPhone 8 não é a revolução esperada, mas o iPhone X (iPhone 10) promete ser a maior mudança da história do smartphone da Apple.

Se o iPhone em 2007 definiu como seria o uso dos smartphones nos 10 anos seguintes, a Apple quer que o iPhone X tenha o mesmo impacto no mercado para os próximos 10 anos. Não há nada na parte frontal que não seja a tela imensa de 5,8 polegadas AMOLED.

O design completamente novo ainda guarda algumas características da Apple, como as laterais levemente arredondadas e a traseira com bastante cara de iPhone. Mas, tirando isso, é um smartphone bem diferente do que estamos acostumados a ver.

A ausência do botão Home alterou a navegação no iPhone X. Em vez de tocar um botão para voltar à tela inicial, basta deslizar o dedo a partir da parte inferior dela para encontrar todos os seus apps. Para conferir a multitarefa, é só deslizar o dedo e segurar rapidamente e todos os apps abertos em segundo plano são exibidos.

A Siri foi deslocada para o botão de ligar, que fica na parte lateral do iPhone. Mas esse botão não ganhou um leitor de digitais: a Apple abandonou o sensor biométrico de impressões digitais para dar lugar a um sistema de reconhecimento facial.

Segundo a Apple, é fácil e simples desbloquear o aparelho: com o novo recurso, chamado Face ID, basta olhar para a tela que o aparelho reconhece o usuário. Com uso de uma série de câmeras posicionadas na parte superior frontal do dispositivo, a Apple promete detecção rápida do rosto do usuário mesmo com iluminação ruim.

A Apple diz que o sistema é bem seguro e não reconhece máscaras ou fotos, apenas o rosto da pessoa mesmo, independentemente do uso de perucas, óculos ou qualquer tipo de acessório. Além disso, a empresa afirma que o sistema só identifica um rosto errado uma vez a cada 1 milhão de tentativas. Considerando que ele também é usado para o Apple Pay, é fundamental que seja o mais seguro possível.

Como esperado, o iPhone X é caro, bastante caro. O dispositivo não vai chegar às lojas imediatamente e só entra em pré-venda no dia 27 de outubro, com o lançamento marcado para 3 de novembro. Ele vai custar US$ 999 no modelo mais barato, com 64 GB de armazenamento interno.

Celular, fone de ouvido, notebook. A BlackFriday está recheada de ofertas, mas nem todas são vantajosas. Com a nova extensão do Olhar Digital, você encontra o menor preço e também cupons de descontos. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ