João Carlos Martins usa braço robótico para reger orquestra

Apresentação foi na abertura oficial da Futurecom e o dispositivo torna o trabalho do maestro mais fácil

Roseli Andrion 28/10/2019 20h30
Futurecom_abertura
A A A

Com a ajuda de um dispositivo robótico, o maestro João Carlos Martins regeu hoje 36 músicos da Orquestra Filarmônica Bachiana Sesi-SP, na abertura da Futurecom, para uma plateia de 800 pessoas. O aparelho usado pelo músico é um braço robótico, chamado por ele de Joquinha, que vira as páginas da partitura automaticamente.


Reprodução

Isso facilita o trabalho de Martins durante a apresentação - antes, o maestro tinha de decorar todas as partituras, já que não consegue manuseá-las com as mãos. "É a união da tecnologia com a arte", destaca o músico. "E o melhor é garante que não se perca a sensibilidade", diz. A apresentação teve, ainda, uso de realidade aumentada: a plateia acompanhou, na tela do celular, a aparição de notas musicais flutuando em torno da orquestra.

Reprodução

A Futurecom apresenta, até quinta-feira (31), no São Paulo Expo, as novidades dos segmentos de telecomunicações e inovação. A partir de amanhã, os participantes vão acompanhar palestras de especialistas e ver demonstrações nos estandes. Entre as estrelas estão as aplicações com tecnologia 5G e os mais diferentes tipos de robôs: dos modelos humanoides aos bots de software.

A equipe do Olhar Digital estará na feira para encontrar as principais novidades e trazê-las para você. Confira amanhã, no boletim Olhar Digital News, a partir das 19h30 em nossos canais.

Robótica Realidade Aumentada Tecnologia Robôs
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você