Juiz de Minas Gerais usa o WhatsApp para intimar réus

Diante da dificuldade em localizar duas pessoas envolvidas em um processo, o juiz de direito Luiz Olympio Brandao Vidal, da Vara do Trabalho de Três Corações, em Minas Gerais, acolheu o requerimento de advogados para que as partes fossem intimadas pelo WhatsApp.

As pessoas teriam declarado seus endereços, mas não teriam sido encontradas no momento de entrega da intimação.

A defesa explica que informar o endereço onde receberá as intimações e atualizar essa informação caso haja alguma alteração é responsabilidade das pessoas. Assim, caso não se apliquem os meios possíveis, o juiz pode intimar as partes por telefone ou WhatsApp.

Caso não respondam, as pessoas deverão ser intimadas por edital.

Via MiGalhas

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ