WhatsApp iOS iPhone

Limite de reenvio de mensagens para 5 pessoas no WhatsApp passa a ser global

Redação Olhar Digital 22/01/2019 11h09
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Objetivo é combater a disseminação de fake news e a desinformação que vem se espalhando cada vez mais entre os usuários do aplicativo de mensagens.

Se antes o limite de reeenvio de mensagens no WhatsApp para no máximo cinco pessoas era uma medida limitada a alguns países como o Brasil, agora o procedimento se tornou global. E o objetivo é um só: combater a disseminação de fake news e a desinformação que vem se espalhando cada vez mais entre os usuários do aplicativo de mensagens.


"A partir de hoje, todos os usuários das últimas versões do WhatsApp podem encaminhar apenas cinco chats de uma só vez, o que ajudará a manter o aplicativo focado em mensagens privadas com contatos próximos", disse um porta-voz da empresa à agência de notícias Reuters. Anteriormente, os usuários do app tinham permissão para encaminhar uma mensagem por 20 vezes.

A disseminação da desinformação tem sido um problema persistente no WhatsApp, no Facebook e em outras redes sociais. o próprio Facebook, além do Twitter, ainda estão lidando com a revelação de que as contas de trolls em suas plataformas, ligadas à Rússia, podem ter influenciado o resultado da eleição presidencial de 2016 nos Estados Unidos.

O WhatsApp, que tem mais de um bilhão de usuários diários, começou a testar o limite de mensagens na Índia em julho do ano passado, após uma onda de violência e linchamentos no país, atribuídos à desinformação divulgada na rede social. Em 1º de julho, cinco pessoas teriam sido linchadas na cidade de Dhule, na Índia, depois que um rumor circulou no aplicativo dizendo que o grupo era de sequestradores de crianças. Pelo menos outras 12 pessoas foram espancadas como resultado de mensagens semelhantes.

"O WhatsApp avaliou cuidadosamente este teste e ouviu o feedback dos usuários durante um período de seis meses. O limite de encaminhamento reduziu significativamente as mensagens reenviadas em todo o mundo", disse o porta-voz do WhatsApp. "Continuaremos a ouvir os comentários dos usuários sobre sua experiência e, com o tempo, procuraremos novas maneiras de abordar o conteúdo viral".

-> WhatsApp: história, dicas e tudo que você precisa saber sobre o app

Whatsapp fake news
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você