Biônico

Médico brasileiro inventa pâncreas biônico

Matheus Luque 19/09/2019 12h09
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Equipamento programado por smartphone é esperança para pacientes que sofrem de diabetes

Milhares de pessoas sofrem com diabetes e câncer no pâncreas; mas isso pode ser amenizado com ajuda da tecnologia.

Isso porque o médico brasileiro Dr. Claudio Ambrosio, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, desenvolveu o pâncreas biônico, invenção que está sendo patenteada nos Estados Unidos, Europa e América do Sul. 

A expectativa é de que a invenção ajude no tratamento e principalmente na monitoração de pacientes diabéticos, nascidos com órgão atrofiado ou que tiveram parte do órgão retirado após o câncer.

O pâncreas biônico é controlado por meio de um smartphone e pode ser monitorado por qualquer um que esteja acompanhando o tratamento do paciente, que, muitas vezes, não sabe a porção de glicose a ser disparada, por exemplo.

Segundo o Dr. Claudio Ambrósio, esse mecanismo também facilita o trabalho do médico assistente. “Se a pessoa já tem diabetes e tem uma doença associada como a Dengue, ou Chicungunha, ou que esteja fazendo uma quimioterapia ou radioterapia, isso pode atrapalhar muito no controle glicêmico. E já com o pâncreas biônico, permite um controle melhor da glicemia, o que facilita o trabalho do médico assistente”, explica.

O equipamento comercial será pequeno, para levar no bolso ou na cintura. O sensor será inserido na pele para mandar as informações de glicose do organismo para o aparelho.

Medicina mais médicos telemedicina tecnologia medicinal biônico
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você