Facebook Messenger limita encaminhamento para 5 contatos

Rede social reduziu o número de destinatários de 150 para apenas 5 no aplicativo de mensagens; a empresa pretende reduzir a disseminação de informação falsa na plataforma antes das eleições nos EUA

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 14/09/2020 16h53
Messenger
A A A

O Facebook anunciou, na quinta-feira (10), que vai limitar o número de pessoas ou grupos para os quais um usuário pode encaminhar mensagens. O objetivo da empresa é amenizar a quantidade e velocidade da disseminação de desinformação em massa no Messenger antes das eleições presidenciais nos EUA de novembro.


Essa alteração na política veio com outras táticas que a empresa de Zuckerberg pretende usar para evitar a divulgação de fake news. A iniciativa do Facebook em limitar a quantidade de destinatários é uma forma de promover o bom uso da plataforma durante as eleições sem gerar acusações de preconceito político.

O Facebook reduziu o número de destinatários de 150 para apenas 5 e, segundo Zuckerberg, o método funcionou com o WhatsApp em 2018 e tende a funcionar com o Messenger. “Descobri que é um método eficaz de prevenir a disseminação de desinformação em muitos países”, disse o CEO do Facebook.

Limitar o número de destinatários não vai eliminar a disseminação de informação falsa, e sim retardar a velocidade e a quantidade com que ela é espalhada, é o que indica um estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais, em setembro do ano passado.

Kaspars Grinvalds/ShutterstockAgora o usuário pode encaminhar mensagens para apenas 5 contatos de cada vez. Créditos: Kaspars Grinvalds/Shutterstock

Os pesquisadores levantaram dados de grupos públicos no WhatsApp da Índia, Indonésia e Brasil com o objetivo de rastrear a disseminação de mensagens e acabou descobrindo que a limitação do número de destinatários pode sim reduzir a disseminação de informação falsa.

Apesar da descoberta dos pesquisadores brasileiros, a doutora Kiran Garimella, que também trabalhou no estudo, diz que a limitação apenas reduz a velocidade da propagação de fake news, no entanto, uma história que é suficientemente viral vai encontrar seu público em algum momento.

Redução no WhatsApp 

Em 2018, as fake news divulgadas através WhatsApp, outra plataforma comprada pelo Facebook, estava sendo associada com casos de violência na Índia. Então, em julho do mesmo ano, o WhatsApp resolveu diminuir o número de contas para as quais o usuário poderia encaminhar mensagens de 256 para apenas 20. Em janeiro de 2019, o número foi reduzido para 5 contatos.

Com isso, o aplicativo conseguiu reduzir o número total de mensagens encaminhadas em sua plataforma em 25% no mundo todo, isso só na primeira redução. Se considerarmos a alteração feita em 2019, esse número sobe para 70%.

O porta-voz do WhatsApp também diz que o método trabalha muita além e não evita apenas a disseminação de fake news. “Os limites que estabelecemos no WhatsApp nos últimos dois anos certamente reduziram a disseminação de mensagens encaminhadas”, afirma Carl Woog. “O feedback dos usuários que recebemos é que também reduz o compartilhamento de memes”, completou.

Fonte: Wired

Facebook Messenger Whatsapp facebook messenger Mark Zuckerberg
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você