Microsoft afunda data center no mar para diminuir consumo de energia

A Microsoft afundou um data center no litoral da Escócia em um teste para testar novas maneiras de diminuir o consumo de energia de servidores. A ideia é encontrar um novo jeito de resfriar data centers e, assim, diminuir os custos com energia elétrica.

Data centers costumam consumir bastante energia. Como as máquinas geram muito calor, elas exigem grandes sistemas de refrigeração, o que acaba aumentando os gastos com energia. Há alguns anos a Microsoft começou a testar data centers submersos para fazer com que a água do mar substitua os sistemas de refrigeração.

Em 2015, a Microsoft fez um primeiro teste ao afundar um data center no litoral da Califórnia durante cinco meses. Agora a empresa vai avançar com os experimentos e pretende manter o data center escocês submerso por 5 anos.

O novo data center que foi para o fundo do mar conta com 864 servidores e tem capacidade de armazenamento de 27,6 petabytes - o suficiente para guardar cerca de 5 milhões de filmes.

Confira o vídeo abaixo com o momento em que o data center foi afundado:

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ