Microsoft promete que não vai mais forçar usuários a atualizarem o Windows

A Microsoft enviava arquivos de atualização do Windows para usuários que não tinham solicitado, e isso causou alguns transtornos para a empresa, que agora prometeu que não fará mais isso - ao menos não na Alemanha.

Usuários do Windows 7 e 8.1 tinham a opção de atualizar gratuitamente para o Windows 10, e, para acelerar a adoção do novo sistema operacional, a Microsoft começou a enviar arquivos do novo sistema para usuários das versões antigas que não tinham solicitado a atualização.

A prática resultou em uma ação judicial contra a Microsoft na Alemanha. A empresa soltou um comunicado por meio da sua filial alemã dizendo que "não vai baixar arquivos de instalação de novos sistemas operacionais para o disco do sistema do usuário sem o consentimento do usuário."

Não está claro se isso vale apenas para a Alemanha, mas é possível que a reação geral negativa aos downloads faça isso valer para o mundo inteiro.

Na época em que a prática foi divulgada, a empresa tentou justificar o download não solicitado dizendo que era uma atualização recomendada que foi marcada acidentalmente como para baixar por padrão, mas isso não agradou usuários enfurecidos pelo gasto do pacote de dados resultante do download indesejado.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ