Microsoft retoma atualização do Windows 10 após update apagar dados de usuários

A Microsoft começou a liberar novamente a atualização de outubro do Windows 10 depois de interrompe-la temporariamente porque o update estava causando perda de arquivos dos usuários. 

Antes de voltar a disponibilizar a atualização para o grande público, no entanto, a Microsoft vai testar a nova versão do Windows 10 com sua base de entusiastas membros do programa Windows Insider. A empresa diz que vai analisar os resultados e comentários antes de disponibilizar o update de outubro para os usuários comuns. 

A empresa diz que, ao que tudo indica, o problema foi limitado a uma base pequena de usuários, atingindo aproximadamente 0,01% dos usuários que instalaram a atualização de outubro. No entanto, considerando que o Windows 10 está instalado em 700 milhões de máquinas, são 70 mil usuários insatisfeitos em potencial, o que não é um número desprezível. Felizmente, apenas a instalação manual do update, realizada apenas por uma minoria, estava disponível, de modo que o número de PCs afetados foi bastante limitado. 

 A Microsoft diz ter encontrado o problema. Ao que tudo indica, o problema tinha a ver com um recurso chamado “Redirecionar pastas conhecidas” do OneDrive, que permite mover pastas de seu local padrão. O problema é que o sistema da Microsoft contava com código que permitia apagar e duplicar as pastas conhecidas, mas nem sempre elas estavam vazias. 

Ainda não há previsão de quando a instalação manual da atualização de outubro do Windows 10 estará disponível novamente para o público comum, mas é provável que isso não demore muito para acontecer.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ