robô MIT

MIT cria mãos robóticas capazes de identificar e 'sentir' objetos

Fabiana Rolfini 03/06/2020 14h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nova geração de robôs foi desenvolvida com materiais macios e flexíveis; sensores permitem o reconhecimento de itens pesados, como também dos mais frágeis

O Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial (CSAIL) do MIT inovou mais uma vez, ao criar mãos robóticas capazes de, não só pegar objetos superfrágeis, como também “senti-los”.


A nova geração de robôs foi desenvolvida com materiais macios e flexíveis, em vez dos tradicionais equipamentos rígidos. Usando um método chamado “GelFlex”, pesquisadores incorporaram câmeras nas “pontas dos dedos” em formato de pinça, permitindo que o braço robótico identifique melhor os mais variados objetos: de itens grandes, como garrafas, a coisas finas e frágeis, como batatas chips.

Em um experimento realizado com 10 objetos, os sensores táteis das mãos robóticas foram capazes de reconhecer os itens com mais de 90% de precisão. "Esperamos que eles forneçam um novo método de sensoriamento suave que possa ser aplicado a uma série de aplicações", disse Josie Hughes, do MIT.

A equipe de cientistas agora espera ajustar os algoritmos de detecção e introduzir configurações mais complexas aos “dedos” dos robôs, como a capacidade de torcer objetos.

Via: Independent

 
Câmeras MIT Robôs sensores
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você