Morte de Steve Jobs completa nove anos nesta segunda

Do seu sucessor, Tim Cook, aos milhares de fãs pelo mundo, o falecimento precoce do icônico engenheiro foi lembrado nas redes

Renato Mota 05/10/2020 12h10
Steve Jobs
A A A

O atual CEO da Apple, Tim Cook, usou suas redes sociais nesta segunda-feira (5) para relembrar seu antecessor e um dos fundadores da empresa, Steve Jobs. O icônico empresário faleceu há nove anos, de câncer pancreático, aos 56 anos.


"Você está sempre conosco Steve, sua memória nos conecta e nos inspira todos os dias", escreveu Cook, que foi pessoalmente indicado por Jobs para o cargo. O CEO da Apple ainda completou a publicação com uma frase da escritora Maya Angelou: "uma grande alma nunca morre. Ela nos une de novo e de novo".

Fãs do visionário engenheiro também enviaram depoimentos para a página "Remembering Steve", mantida pela Apple. "Mais de um milhão de pessoas de todo o mundo compartilharam suas memórias, pensamentos e sentimentos sobre Steve. Uma coisa que todos eles têm em comum - de amigos a colegas e proprietários de produtos Apple - é como foram tocados por sua paixão e criatividade", escreve a empresa. Qualquer pessoa pode contribuir por meio do rememberingsteve@apple.com.

Jobs, que teria completado 65 anos em fevereiro, foi fundamental na criação e desenvolvimento do mercado da computação pessoal, e ajudou a moldar o mundo como o conhecemos hoje. Em 1977, uma época em que computadores vendidos em forma de "kit" (no qual o próprio usuário tinha de montar as placas de circuito), ele insistiu que o Apple II fosse entregue “pronto para usar”, como um eletrodoméstico.

Com o Macintosh, Jobs popularizou o conceito de interface gráfica operada com um mouse, algo que antes só estava disponível em máquinas usadas em centros de pesquisa como o Xerox Parc, de onde obteve a ideia. Depois de Apple em 1985 e voltou em 1997, resgatando uma empresa à beira da falência.

Apple/Divulgação

Tim Cook fala aos funcionários da Apple em um ato em homenagem a Steve Jobs, em 19 de outubro de 2011, na sede da empresa, em Cupertino, na Califórnia. Imagem: Apple/Divulgação

Em 2001, com o lançamento do iPod, e 2003, com o lançamento da iTunes Store, revolucionou a indústria da música, aposentando o conceito de "álbuns" e colocando nas mãos dos consumidores o controle sobre o que queriam comprar e onde ouvir. Em 2007 veio o iPhone, que mudou completamente o mercado de telefonia pessoal.

Jobs foi diagnosticado com um câncer no pâncreas em 2003, e por nove meses tentou curas alternativas para a doença antes de se submeter a uma cirurgia em 2004. Em 2009 a doença retornou, e ele recebeu um transplante de fígado. Em 24 de agosto de 2011 passou o comando da Apple para Tim Cook, citando que “não era mais capaz de cumprir seus deveres” como CEO da empresa. Menos de dois meses depois ele faleceu em sua casa em Palo Alto, na Califórnia, cercado por sua família.

Via: MacRumors

Apple Steve Jobs Tim Cook
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você