Mudanças no Youtube trarão "impacto significativo" aos canais infantis

Vídeos voltados para o público infanto-juvenil não terão comentários, notificações, bate-papo ao vivo e anúncios personalizados - o que deve influenciar nos rendimentos dos criadores

Renato Mota, editado por Maria Lutfi 06/01/2020 19h30
YouTube kids
A A A

Para resolver uma série de preocupações, apontadas pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (Federal Trade Commission - FTC), o YouTube implementará globalmente, a partir desta segunda-feira (6), as alterações, anunciadas em setembro, em relação ao conteúdo voltado para crianças e aos dados dos usuários menores de idade.


Quando anunciou as mudanças, a empresa chegou a afirmar que elas certamente trariam “um impacto comercial significativo” nos criadores de conteúdos voltados para o público infanto-juvenil. Todos eles deverão designar seu conteúdo como feito (ou não) para crianças no YouTube Studio, e os dados de qualquer pessoa que assista a um vídeo designado como "feito para crianças" serão tratados como provenientes de uma criança, independentemente da idade do usuário.

Na prática, isso significa que a coleta de dados em vídeos feitos para crianças será limitada “apenas ao necessário para apoiar a operação do serviço”, de acordo com a empresa. Anúncios personalizados deixarão de ser veiculados, o que pode representar uma queda no rendimento dos vídeos para os criadores.

Além dessas mudanças, alguns recursos não estarão mais disponíveis, como comentários, notificações, bate-papo ao vivo, campainha de notificação e outros. Desde novembro, os criadores já podem designar se o conteúdo do vídeo é infantil ou não, e o próprio YouTube vem utilizando machine learning para identificar elementos que possam classificar o vídeo como infantil.

Porém, a definição sobre o que é ou não feito para crianças ainda cabe, em última instância, ao FTC (nos EUA, e em consequência, na plataforma). Para isso, leva-se em consideração uma variedade de fatores, como o assunto do vídeo, se ele enfatiza personagens infantis, temas, brinquedos ou jogos e mais.

“Muitos criadores de conteúdo em todo o mundo fornecem qualidade para seus públicos, e essas mudanças terão um impacto significativo”, escreveu a empresa numa postagem no blog oficial. Com as mudanças, o YouTube Kids deve ganhar mais relevância dentro da plataforma, com suporte para Smart TVs e dispositivos conectados.

Via YouTube Blog

Youtube privacidade Youtube Kids FTC
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você