Nasa

Nasa distribui US$ 43 mi às empresas para que ajudem nas missões à Lua

Henrique Freitas, editado por Liliane Nakagawa 02/10/2019 15h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Programa de financiamento beneficia companhias como SpaceX e Blue Origin e deve acelerar as próximas missões da agência espacial

A Nasa anunciou, nesta quarta-feira (2), a distribuição do financiamento à empresas que ajudarão a agência em suas missões rumo à Lua, com o programa Artemis, e, potencialmente, à Marte. No total, serão concedidos US$ 43,2 milhões a 14 empresas escolhidas para trabalhar no desenvolvimento de tecnologias-chave. O maior investimento ficou com a Blue Origin, de Jeff Bezos, que faturou US$ 10 milhões; o menor contrato soma US$ 1,3 milhão.


Nesta nova rodada do programa de parceria 'Tipping Point', pelo qual a agência norte-americana firma parcerias com companhias do ramo, grandes empresas como a Blue Origin (já mencionada), e a SpaceX foram contempladas. Os incentivos englobam os mais diversos projetos, como desenvolvimento de navegação autônoma para satélites, melhores sistemas de propulsão, tecnologia para rovers, propulsor criogênico e muito mais. Veja a lista completa aqui.

A empresa de Jeff Bezos, por exemplo, usará seus US$ 10 milhões para desenvolver uma demonstração terrestre de liquefação de hidrogênio e oxigênio e armazenar o líquido resultante. Isso dará uma ideia da viabilidade de produzir e armazenar combustível líquido de foguete na Lua e será um passo fundamental rumo ao desenvolvimento de uma planta de produção de combustível em solo lunar.

Enquanto isso, a SpaceX trabalhará com a Nasa, no Marshall Space Flight Center, para construir bicos de reabastecimento para naves espaciais. Essa tecnologia será crucial para a nave Starship, da SpaceX, que, de acordo com Elon Musk, precisará ser reabastecida em órbita para completar viagens até a Lua ou Marte. A agência concedeu US$ 3 milhões para este projeto.

Outro destaque é a Astrobotic, que conta com um investimento de US$ 2 milhões. A empresa está trabalhando com a Universidade Carnegie Mellon na construção de pequenos rovers que terão capacidade para transportar cargas leves e atuar em conjunto com grandes módulos lunares. Eles teriam a função de prospectar e preparar áreas de pouso e bases na Lua.

Fonte: TechCrunch

Nasa Marte investimento espaço spaceX Lua missão espacial Blue Origin
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você