NASA planeja plantar batatas em Marte

No filme "Perdido em Marte", o protagonista vivido por Matt Damon precisa dar um jeito de sobreviver por alguns meses no planeta vermelho enquanto aguarda o resgate. Para isso, ele desenvolve uma técnica para cultivar batatas no infrutífero solo marciano. Ao que parece, a ideia serviu de inspiração para a NASA.

A agência espacial americana anunciou esta semana que vai montar um laboratório no Peru onde usará amostras do solo do deserto de Pampas de La Joya para simular o terreno marciano - segundo cientistas, ambos os terrenos são muito similares.

"Os níveis elevados de dióxido de carbono vão beneficiar a plantação, cuja produção será duas ou quatro vezes maior do que em condições normais na Terra. A atmosfera de Marte é quase 95% dióxido de carbono", diz a nota oficial da NASA.

A esperança é a de que, numa futura viagem tripulada a Marte, os astronautas possam cultivar o próprio alimento, tornando a missão auto-sustentável. No entanto, a equipe de cientistas prevê outros benefícios dessa experiência.

"Que maneira melhor de aprender sobre mudanças climáticas do que cultivar plantações em um planeta que morreu 2 bilhões de anos atrás? Se batatas puderem crescer em condições extremas como as de Marte, podemos salvar vidas na Terra", disse Joel Ranck, chefe de comunicação do projeto.

Via CNBC

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ