Nave que fará turismo espacial não terá banheiros

Na semana passada, Jeff Bezos realizou uma conferência junto à imprensa para falar sobre como a Blue Origin, sua companhia espacial, pretende proceder com os planos de levar turistas para fora da Terra. Um detalhe tinha passado batido, no entanto: não haverá banheiros dentro da New Shepard, espaçonave encarregada das missões.

Isso significa que quem puder desembolsar os cerca de US$ 250 mil (R$ 781 mil) pelo passeio não poderá aproveitar a oportunidade para fazer um "número 2" no espaço. Além disso, os turistas também estão proibidos de vomitar.

"Vá ao banheiro com antecedência", declarou Bezos (que também é CEO da Amazon), conforme reporta o site Space.com. "A coisa toda, do embarque até você estar de volta ao grupo, [vai durar] aproximadamente de 40 a 41 minutos. Então você estará bem."

É muito comum sentir náusea em situações de gravidade zero, tanto que um avião capaz de voar em arcos parabólicos, proporcionando experiências de 30 segundos nessa situação, ganhou o apelido de "Cometa do Vômito". Mas a Blue Origin não vê isso como contratempo, já que os efeitos geralmente surgem após três horas de voo.

"[As pessoas] não vomitam logo de cara", comentou Bezos. "Não vamos nos preocupar com isso… é um efeito retardado, e essa jornada leva de 10 a 11 minutos."

E é bom que os turistas estejam bem cientes desses detalhes porque a New Shepard sequer contará com equipe de bordo. Como a espaçonave é autônoma, nem há espaço para tripulação: são apenas seis assentos reservados aos pagantes. O passeio será tão simples que o treinamento pré-embarque envolve apenas instruções de coisas como afivelar e desafivelar os cintos.

Espera-se que os primeiros passeios sejam realizados em 2018.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ