netflix

Netflix melhora o áudio das produções disponíveis na plataforma

Roseli Andrion 01/05/2019 17h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Antes, o som era oferecido a 192 Kbps, o padrão da indústria, e agora pode chegar a 640 Kbps. A diferença é bastante significativa, mas pode ser muito sutil em alguns casos ? ou mesmo nem estar disponível

Assistir aos conteúdos da Netflix vai ficar mais, digamos, imersivo. Isso porque, desde 2017, os técnicos de som da empresa buscam melhorar o som das produções disponíveis na plataforma. Eles perceberam, logo depois de lançar “Stranger Things”, que o áudio precisava ser aperfeiçoado — boa parte dele parecia pastoso.


Embora o som parecesse espalhado para a equipe responsável, isso é pouco perceptível para o espectador comum. Mesmo assim, a companhia decidiu encontrar uma solução que pudesse fazer o som dos títulos que abriga — tanto seu material original quanto os produtos licenciados — parecer melhor.

Para isso, foi necessário fazer mais que aumentar a taxa de impacto de áudio: a companhia teve de usar conceitos do processo adaptivo de streaming de vídeo. Esse método usa machine learning para reconhecer as condições da rede (ou seja, a força da conexão de internet do usuário) e adaptar a qualidade das imagens com base nelas. As mudanças estão à disposição dos usuários a partir de hoje e levam o nome de “high-quality audio”.

A novidade não vai ser, tecnicamente, aplicada a todos. Trata-se de uma característica otimizada para quem usa acessórios compatíveis com Dolby 5.1 e Dolby Atmos. Por outro lado, não é preciso ter um pacote de internet com banda adicional: os engenheiros da Netflix dizem que é necessário apenas metade de um megabit por segundo a mais para usufruir dos benefícios. Além disso, o novo recurso deve se ajustar automaticamente.

Durante o processo, a Netflix estabeleceu uma escala de taxas de bit de áudio. Ela varia de 192 Kbps (a qualidade mínima oferecida pela plataforma) até 640 Kbps. Segundo os especialistas, além dessa faixa não há diferença para quem ouve o som.

Aumente o som!

Um bom exemplo de como o áudio é otimizado pode ser visto na cena de “Stranger Things” em que Will descobre o Upside Down. Nela, há um zunido de inseto ao fundo. Trata-se de um pequeno ruído que dá mais mistério à cena. Enquanto a 192 Kbps ele fica quase mudo, a 640 Kbps ele é muito mais óbvio, como se o inseto estivesse ali, na orelha do espectador.

Tecnicamente, a qualidade do som oferecido até agora pela plataforma é o padrão da indústria. Em muitos casos, a mudança vai ser bastante sutil. Agora, entretanto, a Netflix tem uma equipe dedicada à melhoria contínua do áudio. Resta observar se a novidade de fato faz diferença — as próximas maratonas de séries podem trazer a resposta.

Streaming Áudio Netflix
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você