Cabo submarino Google

Novo cabo submarino mostra como o Google também quer dominar a infraestrutura de internet

Redação Olhar Digital 28/06/2019 11h37
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Cabo irá de Portugal para a África do Sul e para outros países no caminho a partir de 2021.

O terceiro cabo de rede submarino do Google transferirá dados de alta velocidade de Portugal para a África do Sul e para outros países no caminho a partir de 2021. A linha de fibra óptica chamada de cabo Equiano é parte de um grande investimento (cerca de US $47 bilhões ao longo dos últimos três anos) do Google em infraestrutura.


Reprodução

A empresa tem participação acionária em 14 projetos de cabos submarinos, mas a Equiano é o terceiro cabo do próprio Google. Ele recebeu esse nome em homenagem a Olaudah Equiano, um escritor e abolicionista africano, que foi vendido como escravo, mas comprou sua própria liberdade. Ele nasceu na Nigéria, o que significa que, provavelmente, este será o primeiro país a obter uma extensão do novo cabo.

O gigante das buscas precisa transmitir imensas quantidades de informações entre seus datacenters espalhados por todo o mundo. Principalmente depois do seu serviço de nuvem, o Google começou a lidar, também, com os dados de muitas outras empresas.

Outros dois cabos submarinos que pertencem ao Google são Curie, que estende-se de Los Angeles ao Chile e Dunant, do leste dos Estados Unidos à França.

Via: CNET

 

Google Fibra Óptica fibra ótica submarino
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você