Novo filme sobre Edward Snowden divide opiniões nos Estados Unidos

O ex-analista da NSA já teve sua história contada em alguns livros e filmes que fizeram bastante sucesso. Mesmo assim, o longa-metragem “Snowden” promete contar mais detalhes da vida de um dos homens mais procurados dos Estados Unidos após o vazamento de dados confidenciais em 2013 que desmascarou o maior esquema de vigilância global que contava com a participação de empresas como Facebook, Google, Microsoft, entre outras.

Dirigido por Oliver Stone, duas vezes vencedor do Oscar por Melhor Diretor, e estrelado por nomes como Joseph Gordon-Levitt e Shailene Woodley, o filme estrelou nesta quinta-feira nos cinemas e é uma versão dramatizada da vida do whistleblower. Ao invés de focar apenas nos episódios que sucederam o vazamento de dados de três anos atrás, o longa traz mais detalhes sobre a vida de Edward.

Por essa razão, a versão hollywoodiana mistura elementos reais com fictícios. Há detalhes da saída do especialista em segurança digital das forças armadas dos Estados Unidos após uma lesão e os treinamentos realizados na CIA, onde também trabalhou durante alguns anos.

Nos Estados Unidos o filme está gerando bastante debate nas ruas, principalmente por que Snowden não é considerado uma figura heroica por parte da população. Por ter vazado dados confidenciais, há quem considere o ato como traição. 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ