Nubank utiliza reconhecimento facial para combater falsidade ideológica

O Nubank está usando biometria para reforçar a segurança do processo de solicitação do cartão de crédito. Segunda a empresa, a medida visa combater crimes de falsidade ideológica e solicita que o indivíduo tire uma selfie durante o cadastro e envio de documentos. A foto é comparada com um banco de imagens capaz de identificar um terço da população que já solicitou crédito.

Adotada neste ano, a tecnologia adiciona mais uma etapa no processo de cadastro e pedido do cartão de crédito da Nubank. Além de enviar RG, CPF e outros documentos, o aplicativo do cartão de crédito passa a solicitar que o usuário tire uma foto com a câmera do celular. O objetivo é garantir que a pessoa seja mesmo quem ela diz ser.

De acordo com a publicação da Exame, o Nubank utiliza uma tecnologia chamada de AcessoBio, oferecida pela empresa brasileira Acesso Digital. O método de reconhecimento facial tem eficiência em 98% dos casos e pede que o usuário refaça a fotografia quando não é possível completar a verificação. O sistema identifica ainda se há parte cobertas do corpo com adereços, que podem atrapalhar no processo de validação de identidade.

Além da Nubank, a Acesso Digital também atua na liberação de crédito no varejo brasileiro. A empresa fornece serviço de biometria facial para grandes varejistas como a Magazine Luiza e a Riachuelo, além de fintechs e bancos brasileiros, que compartilham o acesso ao grande banco de imagens cadastradas.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ