Google espionagem

Google acessa facilmente as suas informações de compras no Gmail

Redação Olhar Digital 20/05/2019 17h33
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A empresa pode rastrear os dados a partir de recibos enviados, mas afirma que os usuários podem acessar esses dados usando uma ferramenta na Web

O Google está monitorando discretamente cada compra que você fez nos últimos anos, graças aos recibos de compra enviados para sua conta pessoal do Gmail. De acordo com uma nova matéria da CNBC, essas informações são disponibilizadas para o usuário por meio de uma ferramenta da Web, que está ativa por período indeterminado.


Além disso, o Google ainda tem uma ferramenta que permite visualizar as compras anteriores dos usuários, na aba de “Compras", um espaço privado do usuário. Lá também estão algumas transações realizadas com cartão de crédito em lojas offline, graças a fornecedores de software de ponto de venda, tais como a Square e outros que vinculam o o número de cartão de crédito e nome dos clientes a uma conta de e-mail para entregar recibos e oferecer programas de recompensas.

"Para ajudá-lo a visualizar e acompanhar facilmente suas compras, reservas e assinaturas em um só lugar, criamos um destino particular que só pode ser visto por você", disse o Google ao The Verge em um comunicado. “Você pode excluir essas informações a qualquer momento. Não usamos nenhuma informação das suas mensagens do Gmail para exibir seus anúncios”, afirmam os posta-vozes do Google.

A existência dessa ferramenta de histórico de compras acumula uma quantidade assustadora de seu comportamento offline e online, mesmo que seja de forma privada. O fato acaba contrariando o que disse o CEO do Google, Sundar Pichai, na semana passada ao The New York Times, em um editorial produzido pelo próprio executivo. Já na conferência para desenvolvedores I/O 2019, ele apontou que “privacidade não pode ser um bem de luxo”, quando falou sobre refazer a imagem da empresa, deixando o acesso amplo a ferramentas de privacidade, capaz de oferecer mais controle e fornece mais transparência.

Apesar de tudo isso, nos bastidores, o Google ainda está recolhendo uma grande quantidade de informação pessoal dos serviços que você usa, e algumas delas não podem ser facilmente excluídas. Em busca de uma solução, a empresa tenta recentemente melhorar e conscientizar os usuários sobre os dados que estão sendo coletados, como estão fazendo isso e como os dados podem ser excluídos.

O Google também disse no começo do mês que pretende deixar que os usuários automaticamente excluam dados de localização, web e aplicativos coletados em seus produtos e serviços, após três ou 18 meses consecutivos.

 

Via: The Verge

Google Gmail privacidade
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você