OMS recomenda pagamento por aproximação para evitar coronavírus

Método de pagamento via NFC evita troca de mãos que pode facilitar o contágio

Renato Santino 03/03/2020 18h20
NFC
A A A

O coronavírus pode catalisar uma mudança na forma como lidamos com pagamentos. Isso porque a Organização Mundial da Saúde (OMS) sugeriu que as pessoas deixassem de usar notas físicas para pagar por produtos e recomendou o uso de meios de pagamento “contactless” (por aproximação) sempre que possível.


Não é muito difícil entender a lógica da recomendação da OMS. As notas passam por muitas mãos diariamente, e algumas delas podem ter tido contato com o vírus, mesmo que nenhuma delas apresente sintomas da doença.

“Sabemos que dinheiro troca de mão frequentemente e pode coletar todos os tipos de bactérias e vírus. Recomendamos às pessoas que lavem suas mãos após manusear notas de papel e evite tocar em seu rosto. Quando possível, seria recomendável usar pagamentos contactless para reduzir o risco de transmissão”, diz o comunicado enviado ao site The Telegraph.

A opção dos meios “contactless” é mais segura por evitar que algum objeto troque de mãos. Ao pagar com cartão habilitado com NFC ou então utilizar métodos como Apple Pay ou Google Pay, ninguém precisa encostar no seu dispositivo além de você, proporcionando mais segurança para todas as partes: cliente e atendente.

A recomendação da OMS vem na esteira de algumas ações tomadas por China e Coreia do Sul, que começaram a queimar ou desinfetar notas em circulação para que não pudessem passar o vírus adiante.

NFC pagamento pagamento por aproximação meios de pagamento
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você