DNA

Pais chineses usam testes de DNA para descobrir talentos dos filhos

Rafael Rigues 20/11/2019 09h43
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Empresas alegam que resultados podem mostrar aptidão para música, matemática ou esportes. Entretanto, a ciência por trás dos resultados não é sólida, e levanta preocupações éticas

Preocupados em garantir o melhor futuro possível para seus filhos, muitos pais chineses estão recorrendo a testes genéticos para descobrir “talentos naturais” das crianças e orientar sua educação e desenvolvimento. Entretanto, a ciência por trás destas análises não é sólida, e até mesmo a comunidade científica local está precoupada que isso possa “danificar a autoridade de testes genéticos reais, que podem realmente ajudar a diagnosticar doenças”.


Meses após o nascimento de sua filha, em 2017, o executivo Chris Jung deixou um tubo de ensaio de sua saliva no laboratório de testes genéticos da Gene Discovery em Hong Kong. Os resultados mostraram que sua filha tinha fortes habilidades em música, matemática e esportes - embora com menor aptidão para memorizar detalhes. À medida que a garotinha cresce, Jung disse que investirá recursos no desenvolvimento desses talentos, enquanto a afastará de profissões que exigem muita memorização.

Já Sharon Shi, uma profissional de finanças em Shenzhen, no sul da China, pegou um trem para Hong Kong e gastou quase US$ 4.600 para testar sua filha de três anos em uma empresa chamada DNA WeCheck. A empresa enviou a ela um relatório tão grosso quanto um livro. Shi, que gasta muito tempo planejando a educação de sua filha, disse que a análise a ajudou a entender por que a garota gosta de inventar canções e pintar em estilo livre.

Testes genéticos para o consumidor final estão crescendo na China. A empresa de pesquisa Global Market Insights Inc., com sede em Delaware, nos EUA, vê vendas de serviços de teste de DNA triplicando para US $ 135 milhões em 2025, contra US$ 41 milhões no ano passado. Outros, como a consultoria EO Intelligence, de Pequim, projetam um aumento ainda mais rápido no mercado, para US$ 405 milhões em 2022. A EO Intelligence também prevê que, até lá, cerca de 60 milhões de consumidores chineses estarão usando kits de teste de DNA, contra 1,5 milhão de pessoas ano passado.

Mas muitas das reivindicações dessas empresas recém-criadas - de que o DNA pode ser usado para avaliar a capacidade de memorizar dados, tolerar o estresse ou mostrar liderança - são mais especulações do que a ciência real. Os críticos dizem que, em muitos casos, mesmo as alegações enraizadas na ciência, como a avaliação do risco de autismo, são baseadas em pesquisas iniciais que ainda não são totalmente compreendidas.

"Não existe uma base científica na qual você possa dizer essas coisas com algum grau de certeza", disse Gil McVean, geneticista da Universidade de Oxford e diretor do Big Data Institute

O DNA de uma pessoa não determina sozinho quem ela é e ter um determinado gene não pode prever seu futuro, apenas sugerir a probabilidade de desenvolver uma condição ou característica. Um estudo citado em 2003 no American Journal of Human Genetics encontrou uma ligação convincente entre uma variante do gene ACTN3 e atletas de elite como os velocistas, mas estudos desde então descobriram que, embora a maioria dos velocistas tenha essa variante, nem todo mundo que a possui é um atleta de elite.

Da mesma forma, ter uma mutação prejudicial do gene BRCA, comumente associada ao câncer de mama e ovário, não significa que uma pessoa desenvolverá a doença. Significa apenas que o risco é maior do que outros sem essa variante.

Os executivos da Gene Discovery dizem que não estão dando conselhos diretos ou conclusivos - apenas apresentando talentos e riscos potenciais à saúde que os pais podem usar como referência em uma cultura hipercompetitiva. Após décadas de rigorosas leis de controle populacional que foram revogadas em 2016, a maioria dos pais chineses ainda tem apenas um filho, que é o ponto focal de suas ambições.

"Os testes de DNA podem ser um dos motivadores para que os pais possam fornecer recursos mais focados para seus filhos", disse Jung. Os testes vendidos no site da Gene Discovery custam US $ 4.500 (US $ 575) e incluem um "pacote i-Genius" para testar talentos de crianças pequenas.

"Não há como um teste de DNA dizer algo significativo sobre características complexas", disse Timothy Caulfield, especialista em bioética e políticas de saúde da Universidade de Alberta, especializado em genética. "E esses pais estão mudando a vida dos filhos".

Fonte: Bloomberg

Saúde China dna
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você