Parceira da Apple, Foxconn confirma morte de dois funcionários na China

A empresa Foxconn, uma das maiores companhias que atuam como parceiras da Apple, confirmou nesta segunda-feira, 22, que dois funcionários da fábrica de Zhengzhou, na China, faleceram na última semana.

A primeira vítima foi um homem que havia começado a trabalhar na empresa em julho e que foi encontrado no lado de fora da unidade. Já a segunda vítima foi uma mulher que sofreu um acidente de trem quando se dirigia para o trabalho. Em ambos os casos a polícia não relacionou às mortes com às condições de trabalho da fábrica chinesa.

Contudo, vale lembrar que alguns funcionários da empresa já se suicidaram há alguns anos e outros chegaram a falecer por suspeita de exaustão devido às altas cargas de trabalho. Essas polêmicas envolvendo a Foxconn acabam respingando na Apple.

É importante ressaltar que a Foxconn passa por um de seus períodos mais importantes do ano às vésperas do lançamento do iPhone 7, marcado para setembro. Por isso, as duas companhias encaram o assunto com seriedade e ambas já afirmaram diversas vezes que atuam para melhorar as condições de trabalho de seus funcionários.

Em comunicado oficial, a Foxconn afirma que está colaborando com as autoridades para esclarecer o que houve. A empresa também se comprometeu a melhorar as condições de trabalho de seus funcionários e atender às necessidades de mão-de-obra na China.

Via Cult of Mac

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ