Pesquisadores descobrem no Brasil fósseis do dinossauro mais antigo do mundo

Comedor de carne mesozóico de 230 milhões de anos era pequeno, mas feroz

Liliane Nakagawa 13/11/2019 20h11
Gnathovorax cabreirai
A A A

Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria (RS) e da Universidade de São Paulo encontraram, próxima à cidade de Santa Maria (RS), os ossos do carnívoro originário do período Triássico (aproximadamente 230 milhões de anos atrás), que tinha quase três metros de comprimento, pequeno, mas feroz. 


Reprodução

Trata-se do Gnathovorax cabreirai - que significa "uma mandíbula para devorar coisas", que possuía ainda os restos fossilizados tão bem conservados a ponto dos pesquisadores serem capazes de reconstruir parte da morfologia cerebral do animal e identificar características predatórias reveladoras. A descoberta foi publicada na semana passada na revista científica PeerJ. 

"Os dinossauros predadores eram um componente ecológico importante dos ecossistemas mesozóicos terrestres. Embora os dinossauros terópodes tenham esse papel durante os períodos jurássico e cretáceo (e provavelmente a porção pós-carniana do Triássico), é difícil descrever o cenário carniano, devido à escassez de fósseis", escreveu a equipe de pesquisa em seu estudo.

Reprodução

Os pesquisadores afirmaram ainda que o excelente estado do esqueleto e sua completude significam que o espécime lança luz sobre aspectos pouco compreendidos de toda uma classe de anatomia e cérebros dos dinossauros. 

Via: CNET

Ciência dinossauro descoberta
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você