Preço da Bitcoin atinge nova marca histórica após semana turbulenta

O valor da Bitcoin alcançou mais um patamar histórico no mundo: acima dos US$ 8 mil. Após uma semana de incertezas, o preço da criptomoeda está sendo negociado a US$ 8.132 ou por cerca R$ 28.500 na manhã desta segunda-feira, 20. Além disso, o mercado de moedas virtuais viu um volume de trocas superior a US$ 10 bilhões (R$ 32,5 bilhões) em apenas 24 horas esta semana.

A recuperação do preço da Bitcoin impressiona após a criptomoeda ser negociada por “apenas” cerca de US$ 5,5 mil no último domingo, 12. O motivo para a baixa era a proposta de atualização da rede da Bitcoin, a SegWit2x, que poderia criar uma nova versão da moeda digital. No entanto, o update previsto para a última quinta-feira, 16, foi cancelado e a Bitcoin viu uma valorização superior à 47% até alcançar a barreira de US$ 8 mil neste domingo, 19.

Outro pronto que ajudou no aumento da Bitcoin foi uma regulamentação favorável do Japão, enquanto outros países como China e Coreia do Sul seguem na direção contrária. Além disso, a Bolsa de Chicago anunciou no fim de outubro que lançará neste trimestre um mercado de derivativos baseados em Bitcoin para contrato futuros, o que pode despertar um maior interesse de investidores institucionais, conforme publicou o jornal Express.

Nas últimas semanas, a Bitcoin tem sido encarada com muito otimismo por parte dos consumidores ao redor do mundo, mas também com ceticismo e resistência por parte de algumas instituições financeiras e governos. Na última quinta-feira, 16, o Banco Central do Brasil emitiu um alerta sobre os riscos de comprar e guardar moedas virtuais com finalidade especulativa.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ