Prefeitura de São Paulo troca carros particulares pelos da 99

Deste a última sexta-feira, 7, a Prefeitura de São Paulo não conta mais com uma grande frota particular de automóveis. A partir de agora, todos os servidores municipais precisam usar o aplicativo da 99 para se deslocar pela cidade.

A troca foi uma promessa feita por João Doria antes mesmo de o peessedebista assumir o Executivo da capital paulista. A 99 (antes conhecida como 99 Taxis) foi escolhida por licitação após vencer concorrentes fortes do setor, como Cabify e Easy — sem contar as cooperativas de táxi.

Para sair vitoriosa, a 99 conseguiu atender aos requisitos de qualidade exigidos pela prefeitura e ofereceu o melhor preço, cobrando R$ 2,46 por quilômetro rodado, segundo reporta a Veja. O acordo vai durar 12 meses e pode ser renovado.

A gestão municipal de São Paulo tem uma frota de cerca de 2.000 carros, que serão leiloados ou devolvidos a locadoras. Já a 99 conta com mais de 35 mil carros particulares cadastrados para transporte, além de trabalhar com a maioria dos 38 mil taxistas registrados na cidade.

A manutenção do antigo sistema custava R$ 170 milhões por ano. Com a mudança, a prefeitura acredita que o gasto com transporte de pessoal cairá para R$ 50 milhões ao ano.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ