Putin diz que novo líder global será quem dominar a inteligência artificial

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, demonstrou estar bastante interessado e preocupado no desenvolvimento de inteligência artificial. Em uma aula inaugural para estudantes universitários na última sexta-feira (1º), o chefe de Estado afirmou que o país que liderar a tecnologia no futuro irá se tornar o líder global.

“A inteligência artificial é o futuro, não apenas para a Rússia, mas para toda a humanidade. Ela chega com oportunidades imensas, mas também com ameaças que são difíceis de prever. Quem se tornar o líder nessa área vai ditar as regras no mundo”, disse o presidente Vladimir Putin, segundo reportou a RT.

Atualmente, diversos países desenvolvem pesquisas de ferramentas de inteligência artificial ao redor do mundo, sendo os Estados Unidos e a China os dois protagonistas. O país asiático, aliás, anunciou planos de tornar líder global na área até 2030, conforme publicou o The Verge. Enquanto isso, a Rússia diz que não pretende monopolizar a tecnologia, caso assuma a liderança nas pesquisas.

“Se nos tornarmos líderes nessa área, nós iremos compartilhar nosso conhecimento com todo mundo, da mesma forma que nós fazemos com nossa tecnologia nuclear atualmente”, disse Vladimir Putin durante sua palestra transmitida para todo o país.

Inteligência Artificial: desenvolvimento da medicina e de armas

As pesquisas em inteligência artificial podem ajudar os países a desenvolver diversas áreas, como a indústria e a medicina. No entanto, a tecnologia também pode ser usada no desenvolvimento de armas de guerra autônomas e de alto poder de destruição, o que também tem despertado interesse dos grandes agentes globais.

Por conta disso, Elon Musk e outros 116 líderes no setor enviaram uma petição à ONU para propor uma regulação no desenvolvimento de armas de inteligência artificial. O executivo da Tesla, inclusive, comentou no Twitter a fala do presidente russo: “China, Rússia, em breve todos os países com forte ciência da computação. Competição pela superioridade na IA provavelmente causará a Terceira Guerra Mundial em minha opinião”, disse.

Durante os 45 minutos da sua aula inaugural, o presidente da Rússia também discutiu exploração espacial, medicina e as capacidades do cérebro humano. Vladimir Putin lembrou ainda da importância ciência cognitiva.





RECOMENDADO PARA VOCÊ