Qualcomm prepara novo chip para relógios inteligentes com sistema do Google

Depois de mais de dois anos usando o mesmo chip, os relógios inteligentes com o Wear OS - antigo Android Wear - vão ganhar uma nova opção de processador. A Qualcomm vai lançar nos próximos meses um chip voltado para smartwatches, e diversas fabricantes já preparam dispositivos com o novo processador.

O chip mais recente lançado pela Qualcomm para smartwatches é o Snapdragon Wear 2100 - lançado em fevereiro de 2016. Por mais que os relógios inteligentes não tenham conquistado muito espaço desde então, a Qualcomm vê o momento como propício para introduzir um novo processador.

Ainda sem nome divulgado, o processador vai ser lançado durante o outono no hemisfério norte - primavera no Brasil - junto com um dispositivo top de linha de uma fabricante não especificada. E a Qualcomm disse ao site Wareable que já trabalha com "diversos parceiros" que devem lançar relógios com o processador até o fim do ano.

Apesar de não fornecer detalhes sobre o chip, a Qualcomm deu algumas indicações do que podemos esperar deles. A empresa diz que está projetando os novos processadores para funcionarem melhor com telas que ficam sempre ligadas, eliminando a necessidade do usuário ter que acender o display do relógio para saber o horário. A fabricante também diz que os novos chips vão permitir smartwatches menores e com duração maior de bateria.

A promessa é que a nova linha de relógios inteligentes "muda significativamente o ecossistema do Wear OS". O sistema do Google sofre para ganhar força no mercado e sofreu uma pequena mudança recentemente - ele se chamava "Android Wear", mas perdeu o nome que se vinculava ao sistema operacional de celulares.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ