Serviço musical do YouTube vai ter conteúdo limitado para assinantes

O Google já está quase pronto para anunciar seu novo serviço musical. Chamado YouTube Remix, ele deve substituir tanto o YouTube Music quanto o Google Play Música, e seus assinantes terão acesso a mais conteúdo do que usuários da modalidade gratuita.

De acordo com a Bloomberg, o YouTube já tem acordo assinado com três grandes gravadoras: Universal Music Group, Sonic Music Entertainment e Warner Music Group. O acordo inclui também pagamentos para as gravadoras quando suas canções forem usadas em vídeos criados por usuários.

A Bloomberg também diz que o acordo com o Google deve garantir um pagamento maior aos artistas, que frequentemente questionam a fatia que recebem de serviços de streaming. O Google também deve reforçar o combate a pirataria nos seus serviços para agradar as gravadoras.

O Remix também deve oferecer mais conteúdo para quem paga. Apesar de uma modalidade gratuita estar prevista, alguns vídeos e canções devem ser exclusivos para os assinantes do Remix.

O novo serviço ainda não tem data para estrear, mas a expectativa é que o Google lance seu novo streaming musical em 2018.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ