Truelifi

Philips anuncia lâmpadas Li-Fi que transmitem dados a até 250 Mbps

Bruna Lima, editado por Renato Santino 20/06/2019 17h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ela é chamada de Truelifi e pode ser adaptada para as lâmpadas Philips existentes

A Signify, a empresa anteriormente conhecida como Philips Lighting, que produz lâmpadas inteligentes da marca Hue, anunciou uma nova gama de luzes Li-Fi de transmissão pela Internet chamada Truelifi. Eles são capazes de transmitir dados para dispositivos como laptops a velocidades de até 150 Mbps usando ondas de luz, em vez dos sinais de rádio usados por 4G ou Wi-Fi. Na prática, elas funcionam como roteadores sem fio, só que usando luz.


A gama de produtos consistirá tanto em novas luzes quanto de transceptores que podem ser adaptados à iluminação existente. A tecnologia também pode ser usada para conectar sem fio dois pontos fixos com velocidades de até 250 Mbps. A marca subsidiária da Philips está inicialmente visando mercados profissionais, como edifícios de escritórios e hospitais, em vez de residências, onde tem o potencial de atingir um público muito mais amplo.

O Trulifi é destinado ao uso comercial, e não ao residencial, e a opção de retrofit é para um de seus produtos de iluminação para escritórios - por isso, não espere comprar um módulo adicional para suas lâmpadas Hue. A empresa aponta que há três razões para as empresas usá-lo: velocidade, segurança e a capacidade de usá-lo em ambientes onde as comunicações de rádio podem interferir em equipamentos sensíveis, por exemplo, unidades de tratamento intensivo em hospitais.

A tecnologia Li-Fi existe há anos, mas até agora não decolou. A maioria dos dispositivos conectados à Internet, como laptops e smartphones, precisa de um adaptador externo para receber dados por meio de Li-Fi e, mesmo assim, o sinal pode ser bloqueado quando o receptor está na sombra. A Signify diz que você precisa conectar uma chave de acesso USB em um laptop para receber um sinal de seus produtos Truelifi, como pode ser visto no link abaixo

Reprodução

Nas circunstâncias corretas seu uso pode oferecer grandes vantagens. Um exemplo é que ele pode ser usado em áreas onde pode haver muita interferência de frequência de rádio ou em locais como hospitais onde a RF poderia interferir em máquinas sensíveis. Embora possam ser facilmente bloqueados, essa desvantagem pode ser um benefício para os aplicativos de segurança, já que você tem muito mais controle sobre onde a rede se espalha. Afinal de contas, o Li-Fi não atravessa paredes, já que se trata de luz, o que impede que alguém tenha acesso não-autorizado à sua rede.

 

Via: The Verge

Iluminação Philips Li-fi
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você