opportunity sonda

Sonda Opportunity é declarada 'morta' após históricos 15 anos em Marte

Renato Santino
Compartilhe com seus seguidores
A A A

É o fim da linha para a sonda Opportunity, que pousou em Marte há quase 15 anos. A sonda, que superou em muitos anos a expectativa de sua missão, deixou oficialmente de responder aos comandos da NASA, conforme constataram os cientistas da agência na noite de terça-feira, 12.

Por meio da conexão com a sonda, os pesquisadores enviaram uma música como último comando para Opportunity. A faixa em questão é “I’ll Be Seeing You”, da cantora Billie Holiday, que encerra a letra com a seguinte estrofe (com tradução livre):

Eu vou te encontrar no sol da manhã
E quando a noite cair
Eu vou olhar para a Lua
Mas eu vou te ver

Foi a última tentativa de obter uma resposta da Opportunity, que ficou presa em uma tempestade de areia desde junho do ano passado, o que cobriu os painéis solares da sonda, impedindo-a de obter energia para continuar sua trajetória pelo planeta vermelho. A equipe da NASA enviou desde então mais de 800 comandos não-respondidos para a sonda, e o envio da música coloca um fim definitivo de sua trajetória.

A saga da Opportunity é impressionante pela sua longevidade. Ela foi projetada para operar por apenas 90 dias, mas acabou resistindo a todas as dificuldades atiradas por Marte em seu caminho para trabalhar por, precisamente, 5.352 dias, o que é próximo de 15 anos de atividade.

Seus feitos em Marte são impressionantes. Ao longo do período, a sonda caminhou por 45,16 quilômetros, algo que ainda não foi igualado por outro veículo enviado nem à Lua, nem a Marte. Além disso, a Opportunity também conseguiu, no ano de 2016, encarar uma subida com inclinação de 32 graus, o que também ainda não foi igualado por outra sonda enviada a Marte.

Seu objetivo ao chegar em Marte era entender a geologia do planeta especialmente com a missão de encontrar água, ou, indícios de água no planeta. De fato, ela conseguiu: tanto a Opportunity quanto sua sonda-irmã, a Spirit, desativada em 2010, encontraram evidências de água no passado marciano.

Um legado importante de ambas é que seu sucesso levou à produção de sondas maiores e mais capazes, como a Curiosity e a InSight, que poderão investigar mais profundamente o passado de Marte, e, quem sabe?, servir como fundação para as primeiras expedições humanas ao planeta vermelho, quando finalmente será possível visitar as carcaças empoeiradas da Opportunity e da Spirit.

Robótica Nasa Marte Ciência Robôs espaço
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você