Nasa Falcon Heavy

SpaceX recupera parte frontal do foguete que custa US$ 6 milhões antes de cair no mar

Redação Olhar Digital 25/06/2019 11h32
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Essa é a primeira vez que a empresa conseguiu tal feito. Peça poderá ser reutilizada para outros voos

Depois de lançar seu poderoso foguete Falcon Heavy nesta noite, a SpaceX pegou parte do nariz do veículo quando caiu de volta à Terra - a primeira vez que a empresa conseguiu um tal feito. A estrutura se soltou do foguete no espaço e caiu de paraquedas de volta à superfície, onde pousou em um barco equipado com uma rede gigante.


Essa manobra parecia ser audaciosa e altamente improvável depois de algumas tentativas fracassadas. Ao recuperar essa peça, é possível que a SpaceX possa usar a estrutura em um próximo voo em vez de construir um novo a partir do zero.

O nariz do foguete, ou carenagem, é a estrutura que envolve a carga útil durante o lançamento. Ele protege os satélites a bordo durante a subida inicial e, em seguida se separa em metades quando atinge a órbita espacial, e cai de volta à Terra. Normalmente, a carenagem não é recuperada. No entanto, o CEO da SpaceX, Elon Musk, tem interesse em descobrir uma maneira de recuperar as metades dessa estrututa, a fim de reutilizá-las.

 

 

"Imagine que você tivesse US $ 6 milhões em dinheiro em uma paleta voando pelo ar, e vai se chocar com o oceano", disse Musk durante uma entrevista coletiva no ano passado. “Você tentaria recuperar isso? Sim. Sim, você faria".

A empresa comprou um barco chamado Srta. Tree (originalmente chamado de Sr. Steven), que já havia sido colocado a serviço durante um lançamento da SpaceX pela primeira vez em fevereiro de 2017, mas a carenagem se perdeu da rede e do barco. e o mesmo se repetiu nas três tentativas subsequentes em 2018. Este é um grande negócio para a empresa porque provavelmente torna a reutilização dessa peça mais viável e, claro, corta custos. Musk disse ainda que a empresa estava, basicamente, jogando fora US $ 6 milhões toda vez que perde uma dessas carenagens para um pouso forçado no oceano.

Agora, a SpaceX levará a carenagem de volta à costa e determinará se ela pode voar novamente. Uma vez que não tocou a água, o hardware pode ser mais facilmente recondicionado do que um exemplar  que teve contato com a água salgada dos oceanos. Quando se trata de lançar foguetes, reutilizar hardware já é uma boa maneira de economizar custos.

 

Via: The Verge

Nasa Falcon Heavy
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você