Startup de empréstimos sofre invasão de hackers

Em comunicado, Lendico lamenta o ataque e afirma que todas as medidas cabíveis relacionadas ao incidente já estão sendo tomadas; plataforma eletrônica ficou fora do ar por alguns dias

Da Redação, editado por Fabiana Rolfini 16/09/2020 18h24
roubo de dados hacker
A A A

A Lendico, fintech de empréstimo pessoal teve uma de suas bases de dados invadida por hackers. Segundo a empresa, os invasores provavelmente tiveram acesso a informações dos usuários da plataforma, incluindo dados pessoais. Como forma de precaução, a startup pede para que os clientes troquem suas senhas de acesso à plataforma e notifiquem caso aconteça alguma atividade suspeita relacionada à conta.


Na nota enviada aos clientes, a Lendico afirma que está tomando medidas para aumentar a segurança. "Foi contratada uma renomada empresa especializada em análise forense de sistemas e segurança da informação, bem como técnicos em cibersegurança, para auxiliar a Lendico na apuração da ação dos hackers e a auxiliar na reparação de eventuais danos aos sistemas da empresa. Além disso, implementamos uma adição de novas camadas de criptografia e novos sistemas de proteção.".

Reprodução

Portal oficial da Lendico. Créditos: reprodução

Como medida de segurança, a Lendico também suspendeu sua plataforma eletrônica por alguns dias e informou que o sistema já foi reestabelecido e os clientes não sofrerão nenhum tipo de prejuízo financeiro devido a esse período de inatividade da plataforma.

No fim, a empresa lamentou o ocorrido e reforçou que todas as medidas cabíveis relacionadas ao incidente já estão sendo tomadas e que tem a confidencialidade das informações de seus clientes como um de seus pilares, sempre operando de acordo com os mais altos padrões internacionais de segurança. Ainda assim, diante do fato identificado, decidiu adotar medidas adicionais para reforçar, ainda mais, a proteção de seu sistema.

No mercado brasileiro desde 2015 e com mais de R$450 milhões emprestados pelo Brasil, segundo seu site oficial, a Lindico foi fundada na Alemanha em 2013 e possui filiais em outros países como Áustria, Espanha, Holanda e Suíça.  Em março de 2017, a fintech já havia registrado mais de 1,3 milhão de pedidos de empréstimo. Segundo Marcelo Ramalho, CEO da Lendico, o segredo da empresa está na análise de crédito. Ele diz que a startup é criteriosa na concessão de crédito e que faz avaliações levando em consideração dados de birôs de crédito, negativações e nível de comprometimento de renda. 

Dinheiro startup FINTECHS segurança cibernética hackerismo segurança da informação
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você