EUA vs. China

Tarifas impostas pelos EUA fazem empresas mudarem produção para Taiwan

Redação Olhar Digital 04/06/2019 12h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

As empresas de tecnologia que atuavam na China viram o alto custo de exportação do produto como um mau negócio e mudaram as cadeias de fabricação para a ilha

Mais empresas de tecnologia sediadas em Taiwan estão transferindo a produção da China continental para a ilha. A decisão segue a última rodada de taxação dos EUA sobre produtos chineses, que poderia elevar o valor de importações tecnológicas em até 25%.


As companhias de tecnologia taiwanesas entraram na China devido ao tamanho do mercado, às licenças, às isenções fiscais, à grande quantidade de pessoas graduadas e outros fatores. Embora alguns tenham ramificado a fabricação para outros lugares da Ásia, ainda há uma grande presença de empresas sediadas com sede em Taiwan, mas ramificações na China.

Uma grande quantidade das empresas da Computex, que atende clientes no Estados Unidos, disse à ao canal ZDNet que começaram a sentir o aperto dos custos, depois que os norte-americanos impuseram taxas sobre seus produtos. Portanto, agora, eles estão tentando encontrar soluções que diminuam o efeito negativo da fabricação na China.

Alguns, como a fabricante de fontes de alimentação Elementech International, a fabricante de equipamentos para redes sem fio SparkLAN, e a Kingbox Electronic Technology, fabricante de dispositivos de memória, já começaram a transferir parte de sua produção chinesa para Taiwan desde o ano passado.

O gerente geral da Kingbox, Bennis Chang, por exemplo, disse que os EUA não são o principal mercado da empresa, mas decidiu reduzir em 20% suas linhas de produção chinesas. Outros que anteriormente resistiram também estão começando seus movimentos.

O presidente do Grupo de Tecnologia da Hon Hai/Foxconn, Terry Gou, já havia comentado sobre a mudança de algumas linhas de produção para o sul de Taiwan, em uma cidade chamada Kaoshiung. Andrew Mo, responsável pela Fuga Electronics Co, fabricante de dispositivos de memória, também decidiu reduzir a produção da empresa na China em 23%. Ele afirmou que o custo de exportação era muito alto.

O gerente de ligação da indústria na Universidade Nacional de Taiwan, em Taipei, Alex Wen, disse ao ZDNet que os movimentos seriam particularmente difíceis para empresas de tecnologia menores.

A GigaFast usa um fornecedor na China continental e três fornecedores em Taiwan, bem como tem alguns clientes americanos que aceitaram as tarifas, enquanto outros solicitaram que a empresa movesse a produção para Taiwan, o que aumentaria o tempo e os custos. Em julho, a empresa começará a transferir parte de sua produção da China continental para seus fornecedores de Taiwan, a fim de atender às necessidades individuais dos clientes.

Contudo, nem todos os afetados pelas tarifas pretendem fazer as mudanças. Duas fontes da MSI, empresa de hardwares, principalmente computadores e notebooks, disseram ao canal que ainda estão acontecendo discussões internas sobre a redução de sua produção na China. "Nós vamos trazer isso a público uma vez que tenha sido confirmado", acrescentou.

Winnie King, uma cientista política da Universidade de Bristol, no Reino Unido, que estuda sobre as relações no Estreito, contou ao ZDNet que a mudança de localização já era esperada. "Desde a década de 1990, a economia de Taiwan tem estado excessivamente concentrada na RPC [República Popular da China]", disse ela. "A preocupação com a dependência é clara, e elas [as empresas de tecnologia sediadas em Taiwan] serão duramente atingidas por uma forte desaceleração na economia da China - certamente provocada por uma guerra comercial com os EUA".

Outras empresas taiwanesas, enquanto isso, foram forçadas a transferir a produção da China para Taiwan para acomodar os clientes dos EUA, enquanto muitas outras empresas - incluindo as maiores - ponderam suas opções daqui para frente.


Fonte: ZDNet

China impostos EUA eua x china
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você