Terroristas do Estado Islâmico estariam desenvolvendo sua própria rede social

Caroline Rocha 03/05/2017 13h38
Twitter Isis Estado Islâmico
A A A

O Estado Islâmico tem sofrido represálias em redes sociais como o Twitter e o Facebook, por divulgar propagandas e coordenar ações. Para evitar interrupções em suas comunicações, os terroristas estariam desenvolvendo sua própria rede social. A informação é da Europol, serviço europeu de polícia. Segundo ele, a rede social foi descoberta em uma operação, que durou 48 horas, na última semana.

"Dentro dessa operação foi revelado que o Estado Islâmico está desenvolvendo sua própria plataforma de rede social, sua própria parte da internet para executar seus interesses. Isso mostra que alguns membros do Daesh (EI), pelo menos, continuam inovando nesse espaço", explica o diretor da Europol, Rob Wainwright.

Segundo o diretor, com a pressão para que as empresas de tecnologia e forças policiais trabalhem de maneira enérgica para combater a popularização de grupos e perfis que divulguem o grupo, aumenta também a busca por uma saída. "Certamente tornamos mais difícil para eles operarem neste espaço, mas ainda vemos a publicação de vídeos horríveis e a comunicação operada em grande escala por toda a internet", afirmou. Para ele, ainda não é possível saber se será mais difícil, tecnicamente, derrubar a plataforma.

[Reuters]

redes sociais
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você