Todos os carros lançados pela Jaguar a partir de 2020 serão elétricos

LONDRES - A Jaguar Land Rover, uma das mais tradicionais montadoras de carros de luxo do mundo, deu início, nesta quinta-feira, 7, à primeira edição do seu Tech Fest. Trata-se de um festival que une conceitos de tecnologia e mobilidade com palestras, exposições e debates.

Na abertura do evento, realizado em Londres, o presidente global da empresa, Ralf Steph, revelou que todos os carros lançados pela Jaguar Land Rover a partir de 2020 deixarão de usar combustíveis fósseis. Ou seja, em dois anos, todos os novos veículos da empresa serão elétricos ou híbridos.

Junto ao anúncio, a companhia também revelou o Jaguar I-Pace, que promete ser o primeiro SUV totalmente elétrico do mundo. O modelo não teve muitos detalhes divulgados, já que ainda está em estágio de produção, mas deve começar a ser vendido (pelo menos no Reino Unido) a partir do próximo ano.

Outro carro que apareceu no evento foi o E-type Zero, uma espécie de "remake" de um clássico veículo da Jaguar, o E-type Roadster Series 1.5, lançado originalmente em 1968. A diferença é que o icônico automóvel agora tem um motor totalmente elétrico, capaz de levá-lo de 0 km/h a 100 km/h em 5,5 segundos.

Ainda de acordo com a Jaguar, a bateria de íon de lítio do E-type Zero tem as mesmas medidas e peso que o motor de seis cilindros usado no E-type dos anos 1960, de modo a manter o "look & feel" do automóvel original. Mas ao todo, o novo carro é 46 quilos mais leve que o original. Outra diferença pode ser vista nos faróis, que agora são de LED.

Preço e data específica de lançamento dos novos modelos, além do genérico "ano que vem", porém, são detalhes que não foram divulgados. Também não há informações, por enquanto, sobre o lançamento dos modelos no Brasil.

* O jornalista viajou a convite da Jaguar Land Rover.





RECOMENDADO PARA VOCÊ