Uber começa a aceitar pagamento com dinheiro em três cidades do Brasil

A partir da próxima segunda-feira, 11, passageiros da Uber em Recife (PE), Fortaleza (CE) e Salvador (BA) poderão pagar suas corridas com dinheiro vivo. A empresa começará a adotar o novo modo de pagamento, alternativo ao cartão de crédito, como uma estratégia para conseguir mais clientes.

Segundo Fábio Sabba, diretor de comunicação da Uber no Brasil, mais de 60% dos usuários na região Nordeste não completam o processo de cadastramento na plataforma quando percebem que o único meio de pagamento é cartão de crédito. "Então nós resolvemos soltar um piloto nessa região permitindo que os motoristas aceitem dinheiro", disse.

O pagamento eletrônico é um dos principais diferenciais do serviço em relação aos tradicionais táxis. Com ele, o usuário não precisa se preocupar em andar com dinheiro na carteira e, dessa forma, reduz riscos de assalto e têm mais praticidade. Por esse motivo, cartões de crédito continuarão sendo o principal meio de pagamento do serviço.

A novidade não é exclusividade brasileira. Outras 86 cidades ao redor do mundo aceitam pagamento em dinheiro vivo com a Uber, como regiões da Indonésia e das Filipinas. Para o motorista, a taxa de 20% a 25% de cada corrida que fica com a empresa será descontada do pagamento digital que ela faz ao fim de cada semana, já que o valor de cada corrida é calculado pelo aplicativo do mesmo jeito.

O Televo, concorrente da Uber no Brasil, que estreou este ano, também aceita dinheiro como pagamento. O serviço, porém, só está disponível em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. No caso deles, quando a corrida é paga com dinheiro, todo o valor fica com o motorista.

Não há previsão para que o novo modelo de pagamento na Uber chegue a outras regiões do País.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ