Uber é proibida de expandir serviço com carros autônomos nos EUA

Poucas horas após anunciar que passaria a oferecer corridas com carros autônomos em São Francisco, na Califórnia, a Uber foi ordenada a interromper o serviço porque não obteve a licença necessária para operar dessa forma na região.

O Departamento de Veículos Motorizados da Califórnia soltou um comunicado ontem informando que a Uber precisa de uma permissão específica para testar carros que dirigem sozinhos pelas ruas do Estado, mas a companhia discorda.

Mais cedo, quando anunciou a expansão do serviço — que já opera em Pittsburgh desde o começo do ano —, a Uber adiantou que acreditava não precisar de tais licenças porque todos os seus carros autônomos são acompanhados de motoristas, que, embora não estejam efetivamente dirigindo, podem assumir o controle em caso de necessidade.

Depois do ultimato a empresa não se pronunciou mais, mas o órgão governamental avisou que a Uber deve estar preparada para enfrentar processos legais caso queira dar seguimento ao serviço sem a sua chancela.

Para piorar a situação, também nessa quarta-feira, 14, um dos veículos da empresa foi filmado furando o sinal vermelho justamente em São Francisco. A Uber foi questionada pela imprensa local e respondeu que estava investigando a situação, mas garantiu que o incidente tinha sido causado por erro humano, o que sugere que o carro não estava em modo autônomo.

Via BBC e TechCrunch [1][2]

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ