Uber vai parar de rastrear usuários após o fim das viagens

Desde novembro do ano passado, o aplicativo da Uber consegue transmitir dados do GPS do smartphone do usuário para a empresa mesmo após o fim de uma corrida. A Uber diz que deu início a essa prática para melhorar a precisão com que o app aponta o endereço de partida e de chegada ao motorista.

Naturalmente, a mudança gerou críticas e, nesta semana, a empresa anunciou que vai interromper o rastreamento fora de viagens. Quem disse isso foi Joe Sullivan, diretor de segurança da Uber, em entrevista à agência de notícias Reuters.

Em breve, o aplicativo da empresa para iPhone vai receber uma atualização que acaba com a invasão de privacidade. Em seguida, a mudança chegará ao Android. Desse modo, será possível optar por compartilhar sua localização com a Uber apenas enquanto o app estiver em uso.

Desde novembro do ano passado, os usuários só tinham duas opções: permitir o rastreamento "sempre", mesmo após o fim de uma viagem, ou "nunca", o que forçava o usuário a inserir manualmente o endereço de partida para encontrar o motorista. Agora, o app terá um meio-termo.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ