Vulcões de gelo são encontrados em Michigan, nos Estados Unidos

Fenômeno é mais comum do que parece

Nina Gattis, editado por Cesar Schaeffer 19/02/2020 19h22
Vulcão de gelo
A A A

Não é mais necessário ir até Ceres, planeta anão vizinho de Marte e Júpiter, para ver um vulcão de gelo de perto – ou, pelo menos, algo parecido com um. No estado de Michigan, Estados Unidos, o fenômeno apareceu junto com uma frente fria, que encheu de gelo as praias e lagos da região.


Foi o escritório do Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês), em Grand Rapids, que compartilhou imagens dos vulcões de gelo no Twitter. “Foi um ótimo dia para visitar a praia e ver as ondas interagirem com o gelo”, escreveu o NWS Grand Rapids no último domingo (16).

O gelo em forma de cone, que pode atingir alturas superiores a oito metros, libera a água gelada do rio por meio de um buraco aberto em seu topo. Parece estranho que algo assim possa acontecer em um ambiente frio externa e internamente, mas há uma explicação plausível para o fenômeno.

“Os cones começam a se formar na borda principal da plataforma de gelo à medida que se estende para o lago. Quando as ondas, impulsionadas por fortes ventos terrestres, ficam fundo, elas se formam e quebram na plataforma de gelo. Depois que a plataforma de gelo é construída, as ondas continuam a viajar sob o gelo e são forçadas a atravessar rachaduras e cones formados anteriormente”, explicou a Universidade Tecnológica de Michigan.

Não é bem como o vulcão de gelo de Ceres, mas quebra um galho enquanto o turismo espacial ainda não é uma realidade.

Via: CNet

Ciência estados unidos vulcão
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você