Wikipedia nega boatos de que estaria desenvolvendo um rival ao Google

A Wikipedia é certamente uma das páginas mais acessadas por meio de pesquisas do Google, e talvez seja por isso que boatos tenham se espalhado nos últimos dias sobre a Fundação Wikimedia (que gerencia a enciclopédia virtual) estar construindo um motor de buscas próprio. No fim das contas, porém, a informação acabou desmentida.

A notícia se espalhou quando documentos de uma proposta de financiamento de US$ 250 mil feita pela Wikimedia no ano passado foram vazados, sugerindo a criação de um "Motor do Conhecimento". O projeto em questão era descrito como um "sistema para descobrir informações públicas confiáveis na internet" e para "democratizar o acesso à mídia, notícias e informações".

O plano, segundo os documentos, era criar uma ferramenta que combatesse motores de buscas comerciais que "dominam a internet", chegando a citar como exemplo Google e Yahoo. No entanto, em um post feito esta semana no blog oficial da fundação, a ideia de criar um "Motor do Conhecimento" parece ter sofrido mudanças.

"Não estamos criando um motor de buscas global. Não estamos construindo um projeto novo, separado da Wikimedia", diz o post. "Nós temos a intenção de pesquisar como os usuários da Wikipedia buscam, encontram e interagem com conteúdo", continua o texto assinado por Lila Tretikov, diretora executiva da Fundação Wikimedia, e pelo vice-presidente de produtos, Wes Moran.

Não está claro se o tal "Motor do Conhecimento" foi um projeto real para combater o Google em algum momento e acabou descartado; ou se, desde o princípio, os planos da empresa foram mal interpretados. De todo modo, a justificativa apresentada esta semana pela fundação não esclarece o que, de fato, esse projeto pretende alcançar na prática.

Via The Verge

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ