YouTube aumentará quantidade de vídeos com restrição de idade

Vídeos serão sinalizados por inteligência artificial

Vinicius Szafran, editado por Daniel Junqueira 22/09/2020 18h56
YouTube
A A A

O YouTube está lançando uma nova tecnologia de inteligência artificial para capturar mais vídeos que possam exigir restrição de idade. Com essa mudança, mais espectadores terão que fazer login em suas contas para verificar sua idade antes de assistir a um vídeo.


A abordagem será similar a outras técnicas de aprendizado de máquina utilizadas pelo YouTube. Desde 2017, a técnica é usada para capturar melhor o extremismo violento e outros conteúdos mais severos e retirá-los da plataforma. Posteriormente, essa tática serviu também para encontrar vídeos com conduta odiosa. Como resultado, espera-se um grande aumento no número de vídeos com restrição.

A empresa está se preparando para eventuais erros de rotulagem, já que todo o sistema é feito com IA. Como resultado da nova ferramenta, pessoas que assistirem a vídeos do YouTube incorporados em outros sites serão redirecionados ao YouTube para confirmarem sua idade.

Uma das maiores questões enfrentadas pelos criadores de conteúdo do Programa de Parcerias do YouTube (pessoas autorizadas a monetizar seus vídeos) é se essas medidas de moderação afetarão seu potencial financeiro. A equipe do YouTube acredita que não, já que a maioria dos vídeos que sofrerão com a restrição de idade também violam as diretrizes de conteúdo favorável para anunciantes. Basicamente, segundo a empresa, esses vídeos já teriam poucos ou nenhum anúncio.

Mesmo assim, erros podem acontecer. E acontecerão, como incontáveis erros de rótulos aplicados indevidamente e cobranças de direitos autorais. Porém, o YouTube está aumentando sua equipe para lidar com os recursos à medida que eles chegam. Os criadores também se preocupam com o fato de vídeos restritos não aparecerem na página inicial. Embora vídeos com restrição de idade sejam menos propensos a aparecer na primeira página, isso ainda é possível.

O lançamento vem no momento em que o YouTube tenta atender tanto pais preocupados com o conteúdo exibido quanto comitês de defesa alegando que o site não é seguro para crianças. A empresa diz que o site é para maiores de 13 anos, e aponta o YouTube Kids como a alternativa mais segura. Obviamente, isso não impede o acesso das crianças ao site comum, ainda que alguns dos principais canais sejam de conteúdo infantil.

No momento, a equipe de confiança e segurança do YouTube aplica restrições a vídeos quando os encontra durante as análises. Se for considerado impróprio, é marcado.

Segundo o YouTube, algumas etapas adicionais são exigidas em países da União Europeia, como comprovações extras de idade. Se os sistemas não puderem identificar a idade real de uma pessoa, ele pode solicitar "um documento de identidade ou cartão de crédito válido para confirmar sua idade", segundo comunicado da empresa. É um processo único, e o YouTube deve excluir os dados após o envio.

Essa mudança pode ser notada imediatamente por alguns, mas implementações como essa costumam chegar aos usuários gradativamente. Ainda assim, esteja sempre conectado à sua conta do YouTube para não ser barrado na verificação de idade.

Via: The Verge

Youtube Inteligência Artificial aprendizado de máquina IA Youtube Kids
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você