Zuckerberg se preocupa com influência chinesa na regulação da internet

CEO do Facebook acredita em um marco normativo claro que provenha dos países democráticos ocidentais e se converta na regra em todo o mundo

Fabiana Rolfini 19/05/2020 14h15
Mark Zuckerberg
A A A

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse na segunda-feira (18) que está ‘preocupado’ com o fato de outros países estarem tentando imitar a abordagem da China para regular a internet.


"Para ser franco, acho que existe um modelo de países como a China que tendem a ter valores muito diferentes dos países ocidentais que são mais democráticos", afirmou Zuckerberg durante uma videoconferência com o comissário da União Européia, Thierry Breton. 

Segundo o CEO, o ideal seria ter um marco normativo claro que provenha dos países democráticos ocidentais e se converta em regra em todo o mundo. "Temos uma responsabilidade conjunta em ajudar a desenvolver isso", comentou. 

Reprodução

Foto: Reprodução

Ele destacou, como exemplo, o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GPDR, na sigla em inglês) da União Europeia que implementou mudanças na maneira como empresas de internet coletam dados de usuários na UE.

Não é a primeira vez que o executivo critica o fato de o modelo chinês de internet se espalhar pelo mundo. No ano passado, ele declarou que era importante não permitir que a China estabelecesse as regras para o resto da internet, o que até gerou certa tensão entre os funcionários chineses do Facebook

Via: The Verge



Internet Facebook China regulamentação mark zuckerberg
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você