Bitcoin dispara e passa a valer mais de R$ 7.000

Quem investe em bitcoin está com um sorriso de orelha a orelha nesta segunda-feira, 22. Após consecutivas altas, a moeda digital criptografada ultrapassou pela primeira vez a barreira dos US$ 2.000 e chegou a bater US$ 2.167 no domingo, 21, segundo dados da Poloniex. Em reais, o valor é de R$ 7.086,09, de acordo com o câmbio atual (US$ 1 = R$ 3,276).

Esse teria sido o maior valor registrado pela bitcoin desde a sua criação. Teria, isso se a moeda tivesse recuado após o lucrativo final de semana. Hoje, no momento da publicação desta reportagem, a bitcoin está avaliada em US$ 2.173.

Se avaliados os dados desde o começo do ano, a bitcoin mais do que dobrou o seu valor de mercado. Em 1º de janeiro, a moeda estava avaliada em “apenas” US$ 957,05, o que significa dizer que a bitcoin valorizou 127% no período. Ainda mais surpreendentes são os dados dos últimos 12 meses. De lá pra cá, a moeda, que era vendida por US$ 434,05, valorizou 400,6%.

Moedas alternativas

As chamadas “altcoins”, sigla para “alternative coins”, termo que é traduzido literalmente para “moedas alternativas”, também deixaram seus investidores felizes nos últimos dias. A ethereum (ETH), em especial, valia US$ 98,41 na sexta-feira e hoje está sendo comercializada por US$ 166,23, alta de 68%.

Quem também subiu bastante foi a zcash (ZEC). Cada moeda chegou a custar US$ 315 nesta segunda-feira, valor que baixou para US$ 210,11. Apesar da queda, o número ainda é bem superior ao de sexta-feira, quando a ZEC estava sendo vendida por US$ 103,37.

Depois de consecutivas altas e uma valorização de mais de 1.000%, a ripple não teve um de seus melhores finais de semana. A moeda digital sofreu retração de 23% e está sendo vendida por US$ 0,28.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ