Bombas de insulina da Johnson & Johnson podem ser hackeadas

A Johnson & Johnson está avisando a seus pacientes sobre vulnerabilidade de uma de suas bombas de insulina. A falha de segurança pode permitir que hackers causem overdose de insulina no usuário.

Executivos da empresa ressaltam que o risco é baixo e não foram registradas tentativas de ataques de hackers contra a bomba de insulina Animas OneTouch Ping; ainda assim, está alertando os consumidores e oferecendo suporte para reparação do problema.

"A probabilidade de um acesso não autorizado no OneTouch Ping é extremamente baixa", disse a companhia, em comunicado enviado a médicos e a 114 mil pacientes que usam o dispositivo nos Estados Unidos e Canadá. "Precisaria de expertise técnica, equipamento sofisticado e proximidade com a bomba, já que o sistema OneTouch Ping não está conectado à Internet ou a qualquer rede externa".

Apesar de o aparelho não ser conectado à internet, a comunicação entre a bomba de insulina e o controle remoto não é codificada, possibilitando que alguém interfira e comunicação. Isso poderia gerar dosagens não autorizadas da substância.

Via Reuters

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ