Funcionários da Amazon em 2 países ameaçam entrar em greve nesta Black Friday

Funcionários da Amazon na Alemanha se uniram aos italianos em um movimento grevista programado para acontecer nesta sexta-feira, 24, quando ocorre a Black Friday.

De acordo com informações da Reuters, seis centros de distribuição da empresa na Alemanha devem ter funcionários de braços cruzados em meio a uma disputa com a Amazon por melhores condições de trabalho e pagamento.

"A maior varejista online do mundo quer atingir recorde de vendas neste dia, mas os empregados têm de produzir performance recorde não apenas neste dia para que tudo aconteça da forma como a Amazon quer", reclamou Stefanie Nutzenberger, do sindicato alemão.

Na Itália, mais de 500 trabalhadores atuando em Piacenza, no norte do país, concordaram em cruzar os braços para forçar a companhia a aceitar termos relacionados aos seus bônus.

Os profissionais também decidiram não fazer hora extra até o dia 31 de dezembro, o que deve prejudicar a cadeia de fornecimento da companhia devido ao período de fim de ano, quando a Amazon chega a contratar temporários por causa da alta demanda.

Em nota, a empresa afirmou que paga salários que constam entre os mais altos do setor logístico e que oferece benefícios como seguro de saúde privado.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ