Fundadores do Instagram anunciam saída da empresa

Frustrados com a interferência cada vez maior de Mark Zuckerberg e do Facebook no desenvolvimento do Instagram, os co-fundadores Kevin Systrom e Mike Krieger pediram demissão da empresa que ajudaram a criar.

Em um post no blog oficial do Instagram, Systrom falou sobre a saída dele e de Krieger da companhia. "Planejamos tirar um tempo livre para explorar nossa curiosidade e criatividade novamente", escreveu. Apesar de não ter entrado em detalhes sobre o que motivou o pedido de demissão, fontes que conversaram com a Bloomberg dizem que diferenças entre os criadores e Mark Zuckerberg foram fundamentais para a separação.

O Facebook comprou o Instagram em 2012 por US$ 1 bilhão. Nos primeiros anos após a aquisição do Instagram pelo Facebook, Systrom e Krieger conseguiram manter a companhia independente da rede social. No entanto, Zuckerberg vê o serviço de fotos e vídeos como parte fundamental do futuro do Facebook e, por isso, estaria cada vez mais ativo no dia a dia da empresa - o que teria desagradado seus fundadores.

Mark Zuckerberg publicou um post no Facebook agradecendo aos executivos pelo tempo que passaram juntos. "Kevin e Mike são líderes de produtos extraordinários, e o Instagram reflete o talento criativo deles combinado", disse o criador da rede social. "Aprendi muito trabalhando com eles ao longo dos últimos seis anos e gostei bastante disso. Desejo a eles o melhor e estou ansioso para ver o que eles farão em seguida", concluiu.

Systrom e Krieger não são os primeiros criadores de um serviço que abandonaram a criação após a aquisição do Facebook. Em setembro de 2017, Brian Acton, um dos fundadores do WhatsApp, saiu da empresa. No começo do ano, foi a vez de Jan Koum, o outro fundador do aplicativo de mensagens, deixar o Facebook.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ