Google quer treinar 1 milhão de jovens africanos em técnicas digitais

O Google está lançando novas plataformas de formação com o objetivo de treinar 1 milhão de jovens africanos em técnicas digitais no próximo ano.

Em parceria com Livity África, a companhia estabeleceu uma meta de formação digital gratuita para 300 mil sul-africanos, 400 mil nigerianos e 200 mil quenianos. Outras 100 mil pessoas serão escolhidas a partir de outros países da África subsaariana.

Para isso, o Google lançou o Digify Africa, um portal online que oferece gratuitamente um conjunto de cursos de habilidades digitais para qualquer um do continente. O chefe do Google na África do Sul, Luke Mckend, afirma que a empresa está fazendo um investimento em talentos. "Esperamos que as pessoas treinadas vão se tornar pioneiras na área e farão grandes coisas para empresas e para o Google", completou.

O investimento da companhia em talentos africanos vem em um momento em que o continente está apresentando melhorias em áreas relacionadas à tecnologia. O acesso à banda larga, por exemplo, passou de 41% em 2014 para 51% em 2015, de acordo com um estudo da TeleGeography.

Além disso, a África é um dos continentes com mais jovens do mundo: 34% dos africanos estão entre as idades de 25 e 29 anos. No entanto, o desemprego atinge 20% das pessoas dentro desta faixa etária.

Via Fortune

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ