Huawei anuncia Kirin 980, primeiro processador de 7 nm para celular

A gigante chinesa Huawei acaba de se autoproclamar a vencedora na corrida pelo primeiro chip de 7 nanômetros. A empresa anunciou nesta semana durante a IFA 2018 o Kirin 980, sucessor do Kirin 970 que promete ser o primeiro processador de celular deste tamanho.

A Qualcomm, que fabrica os processadores Snapdragon, já disse que está desenvolvendo um chip de 7 nanômetros, mas ele ainda não está comercialmente disponível e não tem data de lançamento. Já o Kirin 980 é o primeiro processador oficialmente apresentado ao mundo nesta densidade.

O Kirin 980 também é o primeiro chip a usar núcleos Cortex A76, além de duas unidades de processamento neural (para aplicações de inteligência artificial), GPU Mali G76 e um modem LTE de 1,4 Gbps. Ele possui oito núcleos, tem suporte a mais memória RAM e é fabricado no processo de 7 nm da TSMC.

Dois dos núcleos do chip rodam com clock máximo de 2,6 GHz para tarefas mais pesadas, enquanto outros dois rodam a 1,9 GHz para tarefas rotineiras e outros quatro têm 1,8 GHz de frequência para cuidar de processos em segundo plano. A Huawei promete desempenho 20% melhor em troca de 40% menos consumo de energia, em comparação com chips de 10 nanômetros atuais.

As duas unidades de processamento neural (NPUs) do chip são baseadas no modelo de rede Resnet 50, e são capazes de reconhecer até 4.500 imagens por minuto, segundo a fabricante. O Kirin 980 também será compatível com redes 5G de arquitetura da mesma Huawei, quando a nova geração de internet chegar.

Segundo informações do Engadget, o primeiro celular com o novo chip será o Mate 20, cujo lançamento está marcado para 16 de outubro. O vindouro Honor Magic 2 também vai usar o processador, mas este ainda não tem data de anúncio confirmada.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ