Microsoft diz que 'dados são o novo petróleo'

No segundo dia de sua conferência anual para desenvolvedores, a Build 2016, em São Francisco (EUA), a Microsoft focou em suas soluções de big data. Qi Lu, vice-presidente executivo de Programas e Serviços da empresa, decretou: "dados são o novo petróleo".

De acordo com ele, uma empresa com ferramentas capazes de tirar proveito do imenso fluxo de dados que circula pela rede mundial de computadores todos os dias tem em mãos algo muito mais valioso do que combustível, pelo menos para os tempos modernos. O executivo deu como exemplo alguns números referentes à plataforma Office 365.

A suíte de aplicativos de produtividade já possui quase 1,3 bilhão de usuários ao redor do mundo. Além disso, a versão móvel dos programas do Office já foi instalada mais de 340 milhões de vezes. Só usando o Outlook, mais de 4 trilhões de e-mails já foram enviados pelo Office 365, enquanto os usuários de Skype realizaram mais de 3 bilhões de minutos de ligações diariamente.





RECOMENDADO PARA VOCÊ